CLASSIFICADAS TAFONA

Posted in Sem categoria on 10/05/2011 by Geraldo Trindade

LINHA LITORÂNEA

01 – A MEMÓRIA DAS MÃOS

Telmo Vasconcelos / Eduardo Monteiro

02 – DEMOROU, JÁ CHEGOU

Cristian Sperandir / Ivan Therra

Cristian Sperandir / Adriano Sperandir

03 – GALHO SECO

Olgi Zauza Crejci

Piero Ereno / Jean Kirchoff

04 – MARIA TERESA

Loreno Santos / Patrícia Camargo

Loreno Santos

05 – JUREMA E JUREMAR

Caio Martinez

Adriano Sperandir / Cristian Sperandir

06 – TERRA DOS VENTOS

Mário Tressoldi / Chico Saga

LINHA RIOGRANDENSE

01 – AMOSTRA GRÁTIS

Rodrigo Bauer / Amigo Souza

02 – GAIVOTAS

Olgi Zauza Crejci / Piero Ereno

03 – EU CANTO APENAS O BARRO

Lisandro Amaral / Guilherme Collares

04 – HÁ MUERTO FLORENCIO AYMAR

Martim Cesar / Paulo Timm

05 – LEITURA

Eduardo Munõz / Carlos Madruga

06 – COM OS PÉS NO CHÃO

Mauro Marques / Dado Jaeger


REGULAMENTO 21ª TAFONA

Posted in Sem categoria on 28/04/2011 by Geraldo Trindade

REGULAMENTO
21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA
27 E 28 DE MAIO/2011
INSCRIÇÕES: 20/02/2011 A 30/04/2011
FICHA DE INSCRIÇÃO NO FINAL DO REGULAMENTO

Através da Tafona da Canção Nativa, músicos, compositores, cantores e pessoas ligadas à cultura do litoral e do Rio Grande do Sul, buscam participar de atividades que cultuam as nossas tradições, com ênfase especial ao folclore, usos e costumes dos gaúchos, de suas danças, expressões artísticas, valorização do homem do campo e do Litoral e as manifestações típicas de todo o RS.
A Tafona da Canção Nativa é um evento de cunho artístico, social e cultural, o evento tem uma dimensão de nível estadual recebendo composições musicais de todos os recantos do Rio Grande do Sul. A Tafona oferece a todos os músicos e compositores, a oportunidade de divulgar suas composições e seus talentos.

REALIZAÇÃO – OBJETIVOS
Art. 1º – A 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Osório, através da Secretaria de Desenvolvimento e Turismo, com Produção do CTG Estância da Serra.
Parágrafo primeiro: Foi constituída uma Comissão Organizadora para realizar o evento.
Art. 2º – A 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA tem entre seus objetivos a valorização da cultura musical gaúcha, através da participação de músicos, letristas, intérpretes e arranjadores.
Art. 3º – A 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA será realizada nos dias 27 e 28 de maio de 2011, no Parque de Rodeios Jorge Dariva, na cidade de Osório/RS.
Art. 4º – A 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA estabelece as linhas musicais: MANIFESTAÇÃO RIOGRANDENSE e LINHA DE PESQUISA LITORÂNEA.
Parágrafo primeiro: Na Linha de Manifestação Riograndense, as composições devem enfocar usos, costumes e as lides campeiras do Rio Grande do Sul, representando as origens culturais gaúchas, tanto na letra, como na melodia e nos instrumentos musicais utilizados.
Parágrafo segundo: Na Linha de Pesquisa Litorânea, o autor deve abordar, obrigatoriamente, na letra, aspectos identificados à cultura litorânea, seja por sua história, seu folclore, sua musicalidade ou aos usos e costumes do litoral norte.
Parágrafo terceiro: Os autores deverão indicar na Ficha de Inscrição a linha na qual pretende ver sua obra concorrendo. Caso não o façam, a Comissão Avaliadora tem total liberdade para enquadrá-la na mais apropriada dentre as duas Linhas previstas neste regulamento.

PARTICIPAÇÃO – INSCRIÇÃO
Art. 5º – Poderão participar da 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA, músicos, compositores e intérpretes nascidos e/ou domiciliados no Brasil e nos países integrantes do Mercosul, desde que respeitem este REGULAMENTO.
Parágrafo Único: Os artistas contratados para Shows Artísticos do evento não poderão partici­par como concorrentes ou artistas intérpretes.
Art. 6º – O período para inscrições encerra-se impreterivelmente no dia 30 de abril de 2011.
Art. 7º – As inscrições devem ser encaminhadas para os seguintes locais:
– SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO E TURISMO: Av. Jorge Dariva, nº 1251 – Osório/RS – CEP: 95.520.000 – com a inscrição no envelope: 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA.
Art. 8º – Cada autor poderá inscrever número ilimitado de composições.
Parágrafo primeiro: Não serão aceitas as composições com mais de 05(cinco) minutos de duração.
Art. 9º – O concorrente deverá encaminhar uma ficha de inscrição para cada composição inscrita, devidamente preenchida e assinada, acompanhada de 07 (sete) cópias da letra, sem identificação dos autores, em envelope lacrado, contendo por fora apenas o título da composição e a linha em que pretende concorrer.
Art.10 – Além da ficha de inscrição e das cópias da letra, os autores deverão encaminhar para a Comissão Organizadora da 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA, no momento da inscrição da música, um CD com a gravação da obra concorrente, em estúdio de livre escolha, com qualidade técnica necessária e indispensável para a TRIAGEM. (as músicas serão gravadas ao vivo nas duas noites do festival.)

INSCRIÇÃO VIRTUAL:
Uma ficha de inscrição, que deve ser inteiramente preenchida e enviada por e-mail para tafonaosorio@brturbo.com.br, acompanhada de um Arquivo Word com extensão.doc contendo a letra sem identificação do(s) autor(es) e um Arquivo MP3 para cada composição sem qualquer tipo de identificação do(s) autor(es).

Art. 11: Os autores, depois de comunicados, terão que confirmar suas presenças no Festival por telefone, fax ou e-mail no prazo máximo de 24 horas, e enviar um termo com firma reconhecida do(s) autor(es) e acompanhantes da música classificada autorizando a gravação em CD sob pena de desclassificação a critério da Comissão Central, no prazo máximo de 7 dias, caso contrário será chamada a música suplente.
Art. 12: Em hipótese alguma, haverá modificação dos créditos autorais (nomes dos autores e acompanhantes) das músicas integrantes do CD, em relação aos créditos preenchidos na ficha de inscrição no festival.

PARA AS MÚSICAS CONCORRENTES
Art. 13 – As composições deverão ser inéditas até a sua apresentação pública na 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA, sendo eliminadas em caso contrário.
Parágrafo Único: Entende-se por inédita a música que nunca tenha sido editada ou gravada em disco comercial. Disco comercial – todo disco gravado, duplicado, replicado e distribuído em quantidade superior a 100 (cem) cópias. Entende-se por original a música não plagiada, tanto a melodia como a letra da composição;
.OBS: Caso venha a ser classificada alguma música que não seja inédita ou original e não sendo do conhecimento da Comissão Central, o interessado deverá apresentar documento e provas instruindo a denúncia até as 18 horas do dia 05 de maio à mesma Comissão, que julgará o mérito da questão de forma soberana.

SELEÇÃO – APRESENTAÇÃO
Art.14 – Encerrado o prazo para inscrições, uma Comissão Avaliadora convidada pela Comissão Central da 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA, selecionará as 12 (doze) canções concorrentes, sendo 06 (seis) da Linha de Manifestação Riograndense e 06 (seis) da Linha de Pesquisa Litorânea.
Art.15 – A relação das composições classificadas, ordem e data de apresentação na 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA, serão comunicados de forma individual aos seus autores, bem como pelos meios de comunicação.
Parágrafo único: Cada compositor poderá classificar somente 02 (duas) composições de sua autoria ou em parceria com terceiros.
Art.16 – As músicas selecionadas receberão a título de Direitos Autorais e Artísticos, o valor líquido de R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais).
Art.17 – O valor referente a Direitos Autorais e Artísticos será pago em parcela única, em horários estipulados pela Comissão Organizadora.
Parágrafo primeiro: Os concorrentes que desrespeitarem o horário para passagem de som e/ou horário para apresentação no palco, serão penalizados em 50% (cinqüenta por cento) do valor previsto no Artigo 16º.
Parágrafo segundo: O pagamento será feito à pessoa indicada na ficha de inscrição, sendo necessário que esta preencha todos os dados constantes na ficha de inscrição. A Comissão se reserva no direito de pagar as premiações, mas não estipula a forma de pagamento, podendo ser em dinheiro, cheque nominal ou similares.
Parágrafo terceiro: O Festival não fornecerá alimentação nem hospedagem aos autores, intérpretes e músicos credenciados.
Art.18 – Serão admitidos, no mínimo 03 (três) e, no máximo 10 (dez) integrantes em cada grupo concorrente, sendo de total responsabilidade do concorrente a seleção dos instrumentistas e instrumentos.
Art.19 – Cada grupo ou instrumentista poderá atuar em até duas (2) composições concorrentes.
Parágrafo primeiro: O intérprete poderá defender apenas uma das canções classificadas.
Parágrafo segundo: Exclusivamente na condição de instrumentista, o intérprete poderá atuar em somente mais uma das músicas concorrentes.
Art. 20 – As 12 (doze) canções selecionadas serão apresentadas na noite de sexta-feira – 27 de maio de 2011.
Art. 21 – A Comissão Avaliadora classificará 08 (oito) canções, 04 (quatro) da linha de Manifestação Riograndense e 04 (quatro) da Linha Manifestação Litorânea, para retornarem ao palco na noite de 28 de maio de 2011 na condição de finalistas do festival.
Parágrafo primeiro: A título de bonificação, as 08 (oito) canções finalistas receberão a importância de R$ 700,00 (setecentos reais), que serão pagos a pessoa indicada na ficha de inscrição e no horário estabelecido pela Comissão Organizadora.
Parágrafo segundo: Após o término da apresentação das 08 (oito) canções finalistas, serão conhecidas as vencedoras da 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA.
Parágrafo terceiro: Todas as 12 (doze) músicas selecionadas para a 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA farão parte do Compact Disc (CD) do festival.
Parágrafo quarto: A Comissão Avaliadora definirá, 2 (duas) vencedoras – 1 da Linha de Manifestação Riograndense e 1 da Linha de Manifestação Litorânea.
Parágrafo-quinto: Após a divulgação das vencedoras, estas poderão fazer novamente a apresentação no palco caso a Comissão Julgadora julgue necessário.
Art. 22 – No tocante a indumentária dos concorrentes este regulamento estabelece o seguinte: LINHA DE MANIFESTAÇÃO RIOGRANDENSE: Os concorrentes deverão trajar a indumentária típica do Rio Grande do Sul.
LINHA DE PESQUISA LITORÂNEA: Indumentária de acordo com o tema apresentado, desde que não seja desrespeitosa ao público, aos participantes e a Comissão Organizadora do festival.
Parágrafo único: Em todas as situações serão proibidas as vestimentas e/ou adereços contendo caracteres publicitários e/ou de conotação política.
Art. 23 – Após a abertura de cada uma das noites, os concorrentes deverão estar preparados para subirem ao palco, na ordem de apresentação, sob pena de desclassificação e perda da ajuda de custo. O início do Festival está previsto para as 20h30min.
Parágrafo único: Na noite da grande final, 28 de maio de 2011, o início do espetáculo será antecipado para as 20 horas.
Art. 24 – Perderá automaticamente o direito ao pagamento dos Direitos Autorais e Artísticos, todo o concorrente que contrariar o disposto nos artigos 13, 17,18 e 19.

CREDENCIAMENTO – PREMIAÇÃO – DISPOSIÇÕES GERAIS
Art.25 – A Comissão Central da 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA concederá credenciais aos músicos, intérpretes e autores de letra e melodia das canções participantes do Festival.
Parágrafo primeiro: Os classificados deverão enviar para o email tafonaosorio@brturbo.com.br a relação completa dos componentes que irão defender a canção para a confecção das credenciais e entrega na portaria, aqueles não informados deverão pagar seu ingresso no parque (automóvel) e não terão direito a reembolso.
Art.26 – Os prêmios instituídos pela 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA são os seguintes:
1º LUGAR – LINHA MANIFESTAÇÃO RIOGRANDENSE – Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais)
1º LUGAR – LINHA PESQUISA LITORÂNEA – Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais)
TEMA OSORIENSE (Caso entre as classificadas, uma composição tenha um tema osoriense (definido pela Comissão Avaliadora) esta composição receberá troféu alusivo ao tema.
MELHOR INTÉRPRETE – Troféu + R$ 1000,00 (hum mil reais).
MELHOR MÚSICA NA OPINIÃO DO PÚBLICO: Troféu + R$ 1.000,00 (hum mil reais)
Parágrafo único: A Música Mais Popular será definida através de votação do público na noite final do evento, expressada em cédulas distribuídas pela comissão organizadora.
Art.27 – Uma vez inscrito na 21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA o concorrente autoriza a COMISSÃO ORGANIZADORA a divulgar, gravar e/ou reproduzir em caráter irrestrito a sua composição, por meio de CDs, DVDs (caso ocorra a gravação) e outras formas de divulgação, ressalvados apenas os direitos autorais pertinentes e previstos em legislação específica.
Parágrafo Único: a inscrição autoriza, ainda, o uso irrestrito de imagem dos concorrentes e músicos que o acompanham.
Art.28 – A COMISSÃO ORGANIZADORA, bem como a COMISSÃO AVALIADORA, serão inteiramente responsáveis e soberanas em suas decisões, sendo estas irrecorríveis.
Art.29 – A COMISSÃO AVALIADORA será constituída por 5 (cinco) pessoas de comprovada capacidade técnica e de grande expressão no cenário da música e da cultura gaúcha, podendo haver eventuais substi­tuições desses integrantes, a critério da Comis­são Organizadora do festival. Sendo vedada a participação de funcionários do CTG Estância da Serra e da Prefeitura Municipal de Osório.
Art.29 – Quaisquer omissões e/ou dúvidas neste REGULAMENTO serão examinadas e resolvidas, soberanamente, pela COMISSÃO ORGANIZADORA.

INFORMAÇÕES:
(51) 3663.8294 (Prefeitura)– (51) 96543927 (Julio Ribas)
www.osorio.rs.gov.brtafonaosorio@brturbo.com.br

PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO
SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO E TURISMO
21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA
27 e 28 de MAIO DE 2011 – OSÓRIO – RS
FICHA DE INSCRIÇÃO
Nome da Composição: _______________________________________________________________
Gênero Musical: ____________________________________________________________________
Autor(es) da letra: _________________________________________________________________
__________________________________________________________________________________
Endereço: ___________________________________________ Fone: _________________________
Cidade/UF:_______________________________________________ CEP: ____________________
RG: _______________________________________ CPF: __________________________________
PIS: _______________________________________ Profissão: ______________________________
Autor da Melodia: _________________________________________________________________
Endereço: ___________________________________________ Fone: _________________________
Cidade/UF:_______________________________________________ CEP: ____________________
RG: _______________________________________ CPF: __________________________________
PIS: _______________________________________ Profissão: ______________________________
Em caso de classificação, a composição será defendida no palco da 21ª Tafona da Canção Nativa por: ________________________________________________________________
INFORMAR O NOME DA PESSOA AUTORIZADA A RECEBER OS DIREITOS AUTORAIS E ARTÍSTICOS. RESSALTAMOS QUE A MESMA DEVERÁ ESTAR PRESENTE NA 21ª TAFONA.
Nome: ____________________________________________________________________
Endereço: ___________________________________________ Fone: ____________________
Cidade/UF:_______________________________________________ CEP: ________________
RG: _______________________________________ CPF: ______________________________
PIS: _______________________________________ Profissão: __________________________
AUTORIZAÇÃO: Autorizamos a Comissão Organizadora da 21ª Tafona da Canção Nativa a promover a gravação em CD e/ou DVD com conteúdo exclusivo do festival, reservando-se, contudo, os direitos autorais, conforme prevê a lei.
DECLARAÇÃO: Declaro(amos) que as informações dadas nesta ficha são verdadeiras e que, ao assiná-la estou(amos) aceitando as condições de participação/concorrência proposta no regulamento de 21ª Tafona da Canção Nativa.

______________________________,________ de ____________________de 2011

Autor da Letra Autor da Melodia

Tafona!

Posted in Sem categoria on 08/04/2011 by Geraldo Trindade

Pessoal, divulgo aqui o material que recebi da organização da Tafona da Canção Nativa de Osório:

 

21ª TAFONA DA CANÇÃO NATIVA
INSCRIÇÕES ATÉ 30/04/2011
REGULAMENTO – www.osorio.rs.gov.br
COMISSÃO AVALIADORA
Carlos Omar Villela Gomes, Giani Schmidt, Geraldo Trindade, João Máximo e Reginaldo Gil Braga
PARQUE DE RODEIOS JORGE DARIVA – OSÓRIO
DIA 27/05/11 – 20H
Abertura
Apresentação das 12 músicas classificadas
Show com Mauro Moraes – Joca Martins
Baile: Jorge Bomfim e Grupo Balanço da Cordeona
DIA 28/05/11 – 20H
Apresentação das 8 classificadas
Show com Cristiano Quevedo
Baile com o Grupo Quero-Quero
Divulgação das vencedoras
NÃO ESQUEÇA – INSCRIÇÕES ATÉ 30 DE ABRIL.

Abraço!

Quarentena da Barranca!!!

Posted in Sem categoria on 05/04/2011 by Geraldo Trindade

Olá amigos!

Ando sumido, sei bem, mas se não atualizo o Belógui, tal se dá em virtude da quantidade de trabalho que tenho realizado, graças a Deus, que tomam o tempo inteiro.

Bueno, outra hora posto as andanças…

Quanto ao tópico :

A Barranca é um encontro pesqueiro e musical que ocorre sempre na Semana Santa, às margens do Rio Uruguai, na região de São Borja, e está completando 40 anos de ininterrupta realização!

A cada Barranca, a cada ano, os músicos e poetas Barranqueiros apresentam um espetáculo musical antes de rumarem para o pesqueiro, o que, originalmente, tinha por público a comunidade sãoborjense.

No passar dos anos foram sendo feitas apresentações em outras cidades, como aconteceu no ano passado,  frente à belíssima igreja Matriz de Santo Angelo, nas Missões.

Esse ano, os Barranqueiros, capitaneados pelo grupo Os Angüeras, vão realizar seu primeiro show em Porto Alegre, com um atrativo muito especial, além dos nomes e talentos que desfilarão pelo palco da Reitoria da UFRGS, no dia 13 de abril, a partir das 20h:

Será sorteado um “tema”, um “mote”, um “assunto”, dado pela platéia no início do espetáculo, e, ao final, será apresentada uma música feita durante o show, pelos Barranqueiros presentes, sobre o tema proposto, nos moldes do Festival da Barranca.

Nos moldes, eu disse, pois há uma enorme diferença entre receber um tema na noite de sexta para apresentar o resultado na tarde de sábado, e receber um tema para ser desenvolvidas letra e música em pouco mais de uma hora, como acontecerá no show do dia 13 de abril!

Será uma noite memorável, tenham todos muita certeza disso!

Entre outros artistas, estão confirmadíssimas as presenças de:

Os Angüeras, Luís Carlos Borges, Elton Saldanha, Érlon Péricles, Pirisca Grecco, Ângelo Franco, Cristiano Quevedo, Nico, Neto, Ernesto e Bagre Fagundes, Alejandro Brittes, Sérgio Rojas, Jorge Freitas, Chico Saratti, Daniel Torres, Renato Boeghetti, Telmo de Lima Freitas, Samuca, Geraldo Trindade e Jader Leal.

Esperamos você na Reitoria da UFRGS, dia 13 de abril, quarta-feira, a partir das 20h!

Ingressos podem ser adquiridos com os Barranqueiros, ou no local, por apenas R$ 20 pilas.

Grande abraço!

Receitinhas de verão

Posted in Sem categoria on 21/12/2010 by Geraldo Trindade

Salada Gerrot:

1 coração de alface americana picado;

1/2 molho de rúcula picado;

1/2 pimentão amarelo picado;

12 tomates cereja (inteiros ou cortados ao meio);

5g Queijo Gorgonzola ralado;

5g Queijo Provolone ralado;

5g Queijo Parmesão ralado;

2 Colheres de sopa de Azeite de Oliva Extra Virgem;

– Misture tudo e bom apetite!


Salada Gerrot Picante:

1 coração de alface americana picado;

1 molho de agrião picado;

1/2 molho de rúcula picado;

1 batata média/grande cozida e bem picada;

5g Queijo Gorgonzola ralado;

5g Queijo Provolone ralado;

5g Queijo Parmesão ralado;

3 colheres de sopa de Azeite de Oliva Extra Virgem;

1 colher de sopa de Aceto Balsâmico;

4 colheres de sopa de Maionese Light;

1 colher de café (a pequenininha) de Pimenta de Cheiro;

– Misture tudo e bom apetite!


Resultado da 6ª Carreteada de São Valentim

Posted in Sem categoria on 29/11/2010 by Geraldo Trindade

6ª CARRETEADA DA CANÇÃO E POESIA NATIVA-RESULTADO

6ª CARRETEADA DA CANÇÃO E POESIA NATIVA DE SÃO VALENTIM-SANTA MARIA-RS
Dia 27 de Novembro de 2010.

RESULTADO POESIA

1º LUGAR: QUANDO EU MORRER DE NOVO – TULIO SOUZA

Intérprete: Pedro Junior Da Fontoura

Amadrinhador: Piero Ereno

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2º LUGAR: CANTIGA PARA JACYARA – VINICIUS MACHADO NARDI

Intérprete: Vinícius Machado Nardi

Amadrinhador: Raul Sartor

MELHOR TEMA SOBRE CARRETA: SILÊNCIO DE CACIMBA EM ALMA DE RIO – CRISTIANO FERREIRA PEREIRA

Intérprete: José Cláudio Pereira

Amadrinhador: Cláudio Pereira

MELHOR DECLAMADOR: Vinícius Machado Nardi (Cantiga Para Jacyara)

MELHOR AMADRINHADOR: Piero Ereno (Quando Eu Morrer de Novo)

Jurados: Geraldo Trindade, Carlos Omar Villela Gomes e Bianca Bergmam

 

 

 

 

 

 

 

 

MÚSICAS:

 

 

 

1º LUGAR: – FOGO MORTO – FERNANDDA IRALA / PIERO ERENO

Intérprete: ANALISE SEVERO

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2º LUGAR: A ÚLTIMA BRASA – GLAUCO LEMOS – OSMAR PROENÇA / EMERSON ISMAEL – LUCIANO RODRIGUES
Intérprete: JEAN KIRCHOFF

MELHOR TEMA SOBRE CARRETA: FOGO MORTO – FERNANDDA IRALA / PIERO ERENO

Intérprete: ANALISE SEVERO

MELHOR INTÉRPRETE: ANALISE SEVERO(FOGO MORTO)

MELHOR INSTRUMENTISTA: JONES ANDREI VIEIRA (DE ARMADA NO CHÃO)

MELHOR CONJUNTO VOCAL: FOGO MORTO
MELHOR ARRANJO: DE ARMADA NO CHÃO – EDUARDO CORREA / FELIPE SILVEIRA – ARTHUR BOSCATTO

Intérprete: RAFAEL CAPISTRANO

MÚSICA MAIS POPULAR: A VOZ DO SILÊNCIO – ZECA ALVES / ERLON PÉRICLES

Intérprete: JÚNIOR BENADUCE

Jurados: Geraldo Trindade, Carlos Omar Villela Gomes e Oristela Alves

Rapidinhas…

Posted in Sem categoria on 22/11/2010 by Geraldo Trindade

Buenas!

Atualizando em poucas linhas, estive na Bateada, em Lavras do Sul, convivendo com queridos amigos, novos e antigos, para acompanhar o Carlos Omar na defesa do poema “Eu piso em pedras”, de autoria da Maria Esther, irmã do Omar, e ainda acompanhar a Maria Julia Machado, intérprete bueníssima que defendeu uma composição tambem com letra da Esther.

Ilustrando:

Depois me fui à Tertúlia Musical Nativista de Santa Maria, baita retorno, baita festa, baita parceria!

Gracias ao meu velho camarada, Nenito Sarturi, pelo convite e oportunidade de participar deste que sem dúvida é um dos grandes referenciais entre os maiores festivais nativistas do estado!

E também pela oportunidade de podermos nos encontrar novamente, bem como a tantos e tão queridos parceiros.

Fico devendo as imagens, por ora.

Já no próximo sábado, 27/11, estou julgando a Carreteada de São Valentim, juntamente com os poetas Vaine Darde e Carlos Omar Villela Gomes.

Espero recuperar a voz até lá, estou afônico graças a uma gripe animalesca que achei pelas ruas de Santa Maria ao final da Tertúlia …

Abraços, nos vemos!